O que faz um designer de interiores

O que faz um designer de interiores

 

O que é design de interiores?

 

O termo “design de interiores” refere-se a uma série de conhecimentos cenográficos e visuais sobre a composição e o design do ambiente interior.

 

O design de interiores não é apenas criar ambientes visualmente agradáveis ​​e harmoniosos, mas também trazer conforto e praticidade para a vida das pessoas. Os deveres dessa profissão consistem em otimizar os espaços residenciais e corporativos, tornando-os mais funcionais.

 

O designer de interiores é um profissional capacitado para colocar em prática todos esses conhecimentos e técnicas, realizando projetos para diferentes tipos de ambientes.

O que faz um designer de interiores

A diferença entre um designer de interiores, arquiteto e decorador

 

Apesar de essas três profissões terem algumas semelhanças, estão longe de ser a mesma coisa.

 

O decorador é o profissional que se preocupa com a estética, trabalhando com os elementos mais recentes do espaço como tapetes, cortinas e tipos de móveis. Ou seja, sua função se limita à seleção de acessórios ambientais.

 

Este profissional é treinado para lidar com questões de ergonomia, acústica, gerenciamento térmico e iluminação.

 

Um designer de interiores pode projetar móveis e espaços inteiros. Mas é importante observar que seu desempenho é limitado por ambientes internos.

 

O arquiteto desempenha os papéis de decorador e designer de interiores. Além disso, este profissional pode intervir em questões estruturais e de engenharia como alvenaria, encanamento e instalação elétrica. Assim, o arquiteto pode trabalhar tanto em projetos de interiores quanto em grandes edifícios.

O que um designer de interiores faz?

A profissão de designer de interiores só foi regulamentada em 2017 pela Lei 13.369. De acordo com o documento, o designer de interiores é responsável por funções como:

 

  • Estudar, planejar e projetar o ambiente interno de acordo com os objetivos e necessidades do cliente, buscando otimizar o conforto, a estética, a saúde e a segurança;
  • Desenvolver planos, seções, fachadas, perspectivas e detalhes de elementos não estruturais de espaços, ambientes internos e ambientes externos adjacentes;
  • Selecione e especifique cores, acabamentos e acabamentos;
  • Criar, projetar e detalhar móveis e outras decorações e móveis;
  • Prestamos assessoria técnica em design de interiores;

 

 As competências presentes no documento permitem afirmar que o designer de interiores é um profissional muito versátil. Você pode planejar e projetar vários espaços internos, incluindo elementos micro e macro ambientais.

 

A versatilidade que o design de interiores proporciona a torna uma das profissões mais gratificantes. Portanto, a seguir descreveremos em detalhes as principais direções de ação sobre este assunto.

 

Em que áreas você pode atuar?

Design de interiores é uma profissão que oferece muitas oportunidades de trabalho em  diversas áreas. Como resultado, os profissionais da área se deparam com uma intensidade de mercado cada vez maior.

 

Numa época em que apartamentos e casas estão cada vez mais compactos, as pessoas precisam de espaços bem planejados que proporcionem conforto e praticidade.

 

Além disso, a pandemia Covid-19 trouxe mudanças para o mercado de trabalho dessa profissão.

 

Graças às medidas de distanciamento social, as pessoas começaram a passar cada vez mais tempo em casa com uma perspectiva diferente sobre o ambiente doméstico. Nesse contexto, cada vez mais pessoas estão investindo em mudanças para tornar sua casa mais confortável e prática.

 

Em entrevista à Casa e Jardim, a empresa lembrou que a demanda por reformas cresceu 400% desde março de 2020.

 

Além disso, recente pesquisa publicada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) também confirma esse cenário. De acordo com o levantamento, de 1º de março a 30 de abril de 2020, as vendas online de móveis e itens de decoração aumentaram 23,61%.

 

Embora esse aumento se deva a um ambiente fechado, o mercado segue aquecido.

 

Nesse sentido, é importante que existam profissionais capacitados para atuar nas diferentes áreas de atuação. Descubra algumas das principais atividades de um designer de interiores:

 

Decoração

 

Um designer de interiores pode planejar e propor mudanças estéticas para o interior. O designer de interiores tem como objetivo trazer uma harmonia aos elementos que compõem os espaços das residências, levando em consideração as necessidades e gostos do cliente.

 

Projeto paisagístico

 

Planeja e executa projetos para espaços abertos como jardins, varandas e terraços. A função de um designer de interiores é encontrar móveis, revestimentos e elementos naturais adequados ao meio ambiente.

 

Design de mobília

 

Capaz de projetar móveis, criar itens personalizados e funcionais. Os profissionais que atuam nesta área são muito solicitados por clientes que buscam otimizar o espaço e não abrir mão dos materiais e da qualidade estética.

 

Gestão e desenvolvimento de projetos

 

Um designer de interiores pode trabalhar tanto com o gerenciamento de projetos quanto com os desenvolvedores.

 

Nesta área de desenvolvimento, os profissionais trabalham para criar planos e modelos e selecionar os materiais e medidas adequadas para traduzir a ideia do cliente em realidade.

 

E para aqueles que não querem sujar as mãos, o campo de gerenciamento de projetos pode ser atraente. Nesse caso, o profissional orienta seus clientes na compra de materiais, orçamento e contratação de mão de obra.

 

Consultor

 

Todas as possibilidades acima, um designer de interiores também pode atuar como consultor. Nesse caso, os profissionais podem ajudar estúdios de arquitetura, construtoras ou mesmo pessoas físicas a pensar e avaliar a viabilidade de projetos.

 

Interessado na área? Confira alguns cursos da área de Designer de Interiores!

 

Continue lendo nosso site!

Deixe um comentário