Dicas para ajudar uma pessoa bipolar

Os transtornos mentais são extremamente complicados e seu tratamento não depende apenas da equipe médica: o apoio que a pessoa afetada recebe de seu círculo de amigos e familiares é vital para sua estabilidade e recuperação progressiva, bem como para manter relacionamentos saudáveis ​​que o permitam. para viver uma vida normal.

Além do tratamento adequado que uma pessoa com transtorno bipolar deve seguir e do apoio que seu seguro de saúde Durante sua recuperação e estabilidade, a paciência e a compaixão demonstradas por seus amigos, família e pessoas em seu círculo imediato são vitais para sua estabilidade e saúde mental.

Por ser um transtorno tão complexo e reativo, você precisa se educar sobre como pode ajudar e apoiar de maneira positiva e como deve reagir a certas situações.

O que é Bipolar – Saiba Agora Mesmo antes de começar a ajudar alguém que tenha bipolaridade.

Dicas para tratar uma pessoa bipolar:

Entenda que muitos de seus comportamentos são consequência da doença:

É importante que você aprenda a diferenciar quais comportamentos são causados ​​pelo transtorno bipolar e quais são simplesmente características de sua personalidade. Por exemplo, uma pessoa que fala demais sobre si mesma pode ser considerada arrogante, mas em alguém que sofre de Transtorno Afetivo Bipolar (Transtorno Afetivo Bipolar) pode ser um sinal de mania.

Uma boa maneira de fazer isso é reforçar o vínculo emocional que você tem com aquela pessoa, conversando com ela até que ela se sinta confortável para lhe dizer do que está sofrendo ou simplesmente falando sobre seus sentimentos e experiências desde que ela tem esse transtorno.

Acompanhe-o durante o tratamento:

O tratamento mais eficaz para controlar um distúrbio desse estilo é uma combinação balanceada de terapia e medicamentos, portanto, o acompanhamento e o apoio que você pode oferecer são fundamentais. Se o seu familiar lhe der autorização, é muito útil entrar em contacto com os especialistas que o tratam, pois podem dar-lhe informações mais precisas sobre o seu estado de saúde, conselhos sobre como enfrentar a doença e respostas às suas preocupações gerais.

Aprenda truques para interromper seus ataques:

Isso pode ser um pouco complexo e levará algum tempo para você aprender a reconhecer os sintomas.

Tenha sempre um plano de contingência:

Um surto depressivo em uma pessoa bipolar pode ser muito perigoso e todo o apoio e rapidez com que o caso pode ser tratado são necessários.

Para isso, é sempre recomendável que a pessoa afetada tenha em mãos todas as informações dos contatos familiares que possam vir em seu auxílio, bem como os telefones de terapeutas, ambulâncias e hospitais, para que caso o episódio ocorra em público, pode ser solicitado ajuda facilmente.

Seria melhor não carregar essas informações apenas no celular, para não depender de códigos de desbloqueio ou da duração da bateria. É mais eficiente carregar um pequeno token na carteira ou bolsa, onde ele pode ser facilmente encontrado.

Como amigo de uma pessoa com transtorno bipolar, é importante manter uma atitude e um espírito fortes, sempre pensando que a terapia e o tratamento médico serão positivos no tratamento da doença. O humor também faz parte do tratamento e da recuperação, para que você possa levar uma vida normal, apesar de sua condição.

Deixe um comentário